Não podemos matar o doente com o remédio!

08/12/2020

Compartilhe

Ante a situação delicada que o Brasil e o mundo enfrentam, analisamos, sob as perspectivas trabalhista e previdenciária, potenciais impactos nas relações de trabalho, com efeito no curto prazo, visando identificar possibilidades para que as empresas atravessem este período turbulento com observância às alternativas que possam promover a otimização dos custos da folha.

O alto poder de disseminação e contaminação da covid-19 nos trouxe uma dimensão de riscos sem precedentes no campo da Saúde, com enormes impactos a serem enfrentados. E o que aprendemos com países do hemisfério norte é que este vírus se alastra ainda mais rápido quando não são tomadas medidas preventivas eficientes e com a rapidez necessária.

Para ler na íntegra, clique aqui.

O que procura?